terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Resenha – Dito Pelo Não Dito (Pedro Hutsch e Rodrigo Ortiz)

Exemplar recebido em parceria
com a Editora
Autores/Organizadores: Pedro Hutsch e Rodrigo Ortiz
Editora: Lendari
Páginas: 200
Ano: 2017
SINOPSE: Num final de semana, Joana acorda na casa do namorado mais cedo do que de costume. Se levanta e vai aos poucos buscando despertar Mauro. Impaciente que só ela, não demora muito para deixar a sutileza de lado e procurar acordá-lo a qualquer custo. Para sua surpresa, nada surte efeito. Nada mesmo. Ela fica preocupada, a ponto de decidir pedir ajuda. Mas é nessa hora que uma criatura aparece no quarto e deixa a história ainda mais peculiar. Ela diz que a moça deve descobrir dez coisas que ainda não sabe sobre o namorado; que precisará falar com dez pessoas que sabem dessas coisas; e que cada uma delas terá um bom motivo para se recusar a ajudar. Assim a protagonista inicia sua jornada, numa investigação em meio a um universo repleto de estranhezas... SKOOB 

     “— Uma suspensão desejada, por um desconhecimento indesejado. (...) Dez verdades desconhecidas entregues a contragosto por outros dez. Dez partes, motivos, locais, desgostos, realidades. Uma consciência surge, em nome de algo que se perde. Uma consciência que espera, em nome de algo que se aprende. Uma consciência que medita, em nome de  algo que se termina. Assim se faz o Feitiço, o fim do que se foi.” 

     Um projeto audacioso, que confesso, tive receio de ler, medo de que a história fosse uma bagunça! Ao mesmo tempo a curiosidade foi imensa. E o motivo? “Dito Pelo Não Dito” foi escrito, nada mais nada menos, por 24 mãos! Sim, você leu certo, 12 autores (Dois idealizadores e dez convidados.) aceitaram o desafio e cada um escreveu um capítulo a partir de um simples roteiro. A mistura de estilos enriqueceu ainda mais a história, que ficou muito instigante, recheada de mistérios e magia.
     Joana, ao acordar certa manhã, faz de tudo para despertar seu namorado, Mauro, porém não consegue. Já angustiada, recebe a visita de Anaoj, uma criatura que está envolvida com o estado do rapaz e que conta para Joana que, para acordá-lo, ela deverá descobrir dez coisas sobre ele contadas por dez pessoas distintas, que não estarão, digamos, com tanta vontade de ajudá-la.
     Por onde começar essa busca? Sem ter qualquer pista, nossa protagonista resolve iniciar pelos lugares que Mauro frequentava, embarcando em uma viagem repleta de criaturas mágicas, um mundo diferente do seu. Ou seria este outro mundo o realmente seu?
     Em meio à idas e vindas, Joana realiza também uma viagem pessoal. Descobre mais sobre sua história de vida e passa a se conhecer melhor. O que é o amor para você? Ela percebe que é muito mais do que apenas estar junto, pois também envolve escolhas e renúncias. Foi bom acompanhar o amadurecimento de Joana, vê-la se tornando cada vez mais forte frente às adversidades que lhe eram impostas no decorrer da história.
     Sobre o desfecho? Fiquei boquiaberta, nunca esperaria isso!! Acredito que muitos leitores também ficarão. Abra sua mente e venha acompanhar essa aventura!
     Ficou curioso? Clique aqui e garanta o seu!


     Até mais!