quarta-feira, 12 de julho de 2017

Resenha: Minhas Conversas com o Diabo – Livro Um (Mário Bentes)

*Exemplar cedido em parceria
com a Editora.
Autor: Mário Bentes
Editora: Lendari
Gênero: Contos / Suspense e Mistério
Páginas: 168
Ano: 2016
Sinopse: “Cortem a criança ao meio e dê cada parte a uma mulher”, disse o Rei Salomão, diante das duas mulheres que reclamavam a maternidade de um bebê. De modo que a mãe verdadeira imediatamente protestou, pois preferia ver o filho ser entregue à outra que assistir a morte do inocente, sangue de seu sangue, diante dos seus olhos. Salomão soube, assim, que esta que agora cedia à disputa era senão a matriarca verdadeira, ao contrário da outra, que concordara com absurda sugestão do rei. A famosa cena é apenas uma amostra da vasta sabedoria do Rei Salomão, que dizem que era inspirado por Deus. Mas há uma lenda antiga que diz que os profundos conhecimentos do rei sobre todas as coisas não vinham unicamente do Criador, mas dos servos daquele que vem, rouba, mata e destrói. No total, Salomão conjurou, ouviu e registrou para si os saberes reunidos de 72 demônios. Ao fim da empreitada, o monarca aprisionou os caídos em um jarro de bronze, o selou e o lançou no fundo de um lago. Mas os babilônios, vendo tal cena, acreditaram que lá haviam tesouros reais e foram resgatar o artefato, sem que ninguém os vissem. Encontraram-no após dias, abriram-no e concederam a liberdade, outra vez, aos 72 anjos da escuridão. Libertos da clausura, voltaram a percorrer o mundo para atentar, ludibriar e mentir contra os homens – cada um com suas artimanhas, joguetes e aparência. Do mesmo autor de “A terra por onde caminho”, “Minhas conversas com o diabo”, de Mário Bentes, reúne uma coletânea de contos onde tais potestades da terra e do ar encontram-se com seres humanos que, ao contrário dos reis e de outros homens de poder, almejavam coisas simples: reconhecimento profissional, rever um familiar desaparecido ou ter uma nova chance pelo amor. Mas os saberes arcanos, repassados pelos caídos, têm seu preço: seja ele em peso de ouro, prata ou carne. E, cedo ou tarde, eles voltam para cobrar a conta. SKOOB  /  COMPRAR 

“A mera presença do Diabo nos faz pensar na tentação, no proibido, e na ideia de que, afinal, pode ser que estejamos a todo o tempo procurando tudo o que ele oferece, por mais que odiemos admitir, e aqui existe o cerne de nossa fascinação com ele: a lembrança de que temos tanto assim em comum, ou, alternativamente, a ideia de que estamos à mercê de sua influência, seja para nossos horrores ou conveniência.” - Prefácio

     Não se assuste com o título e a capa. Este livro (O primeiro de uma série), uma antologia com 7 contos, é baseado em lendas medievais sobre demônios conjurados pelo Rei Salomão. É sobre o Demônio? Sim, porém vai muito além! Quais seus desejos mais profundos? O que realmente importa para você? Até onde iria para a resolução de seus problemas?

*Contos presentes neste livro:
  1. Eu corrompi homens santos
  2. Topa um acordo, menino?
  3. Esquecer de viver
  4. A mulher que me amou
  5. À espera da próxima carta
  6. A mulher da capa de coura
  7. Diga-me tu, filho do homem: qual o teu sonho?

      Histórias de extrema profundidade, trabalhadas de forma inteligente e com cenários dos mais variados, levando-nos a uma série de valiosas reflexões. Mas Beta, são apenas histórias sobre demônios, nenhuma novidade... Não se engane, Mário Bentes nos presenteou com personagens extremamente reais (Sim, podemos encontra-los em uma esquina qualquer ou até mesmo já conhecê-los.) passando por situações também facilmente encontradas / relatadas em nossa sociedade, causando-nos envolvimento com cada um dos contos e despertando diversos sentimentos.
     Até onde vai o desespero do ser humano? Será mesmo que medimos as consequências de nossas escolhas? Acredito que Minhas Conversas com o Diabo trata justamente disso, às vezes a vontade é tão grande de conseguirmos algo que, juntamente com as frustrações e/ou culpas acumuladas no decorrer da vida, apelamos e chegamos ao limite, sendo necessário uma conversa com nós mesmos para que possamos nos reorganizar e seguir em frente, decidindo o que realmente é prioridade em nossa vida.
     Foi uma leitura rápida e de fácil assimilação, a diagramação não deixou nada a desejar. Apresentação e Prefácio me fascinaram, perfeitos para preparar o leitor para adentrar o livro. Cada conto foi uma deliciosa surpresa, inclusive em relação ao seu desfecho. Não vou me aprofundar em cada um deles para evitar spoilers, mas posso dizer que estou muito curiosa e ansiosa pelo próximo livro! 

Até logo, pessoal! Em breve trarei mais obras da LENDARI.