quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Resenha: Últimas Páginas de Uma História de Amor (H. Mesquita)


Autor Parceiro: HENNAN MESQUITA
Páginas: 120
Gênero: Ficção
Editora: Chiado
Edição: 1/2016
Nota: 5/5

Sinopse: Não escolhemos por quem nos apaixonamos, não escolhemos as pessoas que cruzarão nossas vidas. Mas escolhemos desistir frente a uma situação ou ir adiante independente das consequências. Desistir não faz parte de mim. Não deve fazer parte de ninguém. Então, sem saber direito o que estava fazendo, ou talvez sabendo exatamente, eu o beijei. Adorável, divertido e surpreendente! SKOOB



“Se tudo tem um início, o nosso aconteceu; não no momento em que nos conhecemos, mas no momento em que eu quis te conhecer. Em uma dessas últimas páginas de um livro de amor. Um desses livros onde o casal cruza os olhares e, de alguma forma, sabe que vão ficar juntos para sempre. Nesses em que uma vilã tenta impedir o amor, pois está apaixonada pelo príncipe, mas sempre termina com “felizes para sempre”. Não, nossa história não foi tão simples assim, mas foi nessa hora em que desejei, com todo meu coração, estar ao seu lado para sempre, meu príncipe. Quando te vi, eu sabia que iria sentir algo por você; só não sabia que seria amor.”

Ju e Nando são dois adolescentes comuns, com suas inseguranças e sonhos típicos da idade. Conhecem-se quando Nando muda de cidade e começa a estudar na escola de Ju. Uma relação de amizade que se inicia com algumas conturbações, cheias de altos e baixos, e que, mais tarde, torna-se um amor puro. Um único beijo muda suas vidas, mas as armadilhas da vida são muitas e o casal acaba caindo em uma delas. Quando parece que tudo está se acomodando em seu devido lugar, os jovens são separados abruptamente, fazendo com que reflitam prioridades e sentimentos. Não tenho como falar muito pois acabarei dando Spoilers... mas uma coisa é certa, é o tipo de livro que conquista nas primeiras páginas e que você com certeza lerá novamente mais tarde, já com um novo olhar sobre toda a situação.

“Não escolhemos por quem nos apaixonamos, não escolhemos as pessoas que cruzarão nossas vidas. Mas escolhemos desistir frente a uma situação ou ir adiante independente das consequências. Desistir não faz parte de mim. Não deve fazer parte de ninguém.”

No início, pensei que seria uma simples história de amor adolescente, mas me enganei completamente! O autor tem uma forma de escrever tão envolvente que faz o leitor embarcar de corpo e alma nessa aventura. Aventura? Sim, para o leitor! Hennan tem uma escrita simples e direta, mas ao mesmo tempo, muito profunda, as cenas são descritas maravilhosamente, com alguns pontos delicados que apenas no decorrer do livro você notará sua verdadeira essência. Romance e drama na medita certa. O desfecho da história me surpreendeu bastante, me levou às lágrimas e me fez refletir muito sobre o amor, o preconceito e o ato de “ser” humano nos dias de hoje. A inversão de valores cresce no mundo e, muitas vezes, precisamos viver o que é imposto pela sociedade, mesmo que isso nos torne pessoas infelizes. Ao meu ver, impor-se é um ato de coragem, apesar de muitos enxergarem como rebeldia.

Parabéns, Hennan, sua obra é de uma sutileza e de uma força tão grande que merece e deve ser lida e divulgada! Um grande abraço.


Espero de coração que gostem tanto desta leitura quanto eu. Você pode adquirir o exemplar através dos sites: 




Até a próxima, pessoal!